Dicas

Bankroll | Trate sua banca como uma empresa

Todo apostador online, seja jogador de poker ou trader esportivo, sabe que manter uma boa gestão do bankroll é a chave para manter a carreira financeiramente saudável.

Se você ainda não sabe o que é bankroll, e como controlar os gastos, esse guia é para você. Ter uma boa gestão aumenta a confiança nas apostas e faz você correr menos riscos. Afinal, a variância existe e não temos como nos livrar dela!

O que é bankroll e como ter uma boa gestão?

Bankroll é a quantidade de dinheiro que você tem em caixa exclusivamente para fazer suas apostas esportivas – ou jogar poker. É o seu caixa de trabalho, em outras palavras. E, portanto, não deve ser misturado com suas finanças pessoais.

banner 300x250

Se você ainda não enxerga o seu bankroll como o caixa de uma empresa, veja por outro ângulo. Imagine, por exemplo, um dentista bem sucedido, que investiu muito tempo e dinheiro em estudo, equipamentos, especializações, aluguel de consultório, etc.

Essas são as ferramentas de trabalho do dentista, e através delas ele obtém o seu lucro. O mesmo acontece com qualquer outra pessoa que tenha seu próprio negócio. Cada comerciante tem suas próprias ferramentas para gerar o lucro.

Acontece que no caso do trade esportivo ou do poker, além de ser necessário investir em estudo e ferramentas, o próprio bankroll é uma ferramenta de trabalho.

Sem fazer uma boa gestão, você simplesmente não consegue evoluir em suas apostas esportivas. Mas ao contrário do dentista, todos os dias você arrisca parte da sua ferramenta de trabalho, e por isso a administração do bankroll é tão importante, seja para quem quer viver de apostas ou fazer isso esporadicamente.

Por que é tão importante fazer uma boa gestão do bankroll?

bankroll

Fazer uma boa gestão de bankroll é importante para que você se proteja contra a variância – popularmente chamada de maré de azar.

Entenda a variância como a diferença entre o que você espera ganhar no longo prazo, e o que você efetivamente ganha em determinados eventos.

Uma boa gestão de bankroll permite também que você saiba o momento certo de aumentar os stakes – ou de descer, caso tenha passado por uma downswing.

Excelentes jogadores/apostadores já quebraram muitas bancas por ego, por não aceitarem descer de limites de apostas após passar por um período de perdas. O resultado é sempre o mesmo: o caixa zerado.

O que difere um bom apostador/jogador de um iniciante não é apenas o domínio das técnicas/matemática, mas também o domínio do fator psicológico e o controle de bankroll.

Quando um apostador online passa por um período de downswing sem estar com o mindset fortalecido para aguentar a variância, passa a jogar com a emoção ao invés da razão – e você jamais deve cair nessa armadilha.

Por isso fazer a gestão é tão importante – para que você saiba a hora certa de parar e possa voltar no dia seguinte jogando/apostando o seu melhor, sem se deixar abater pelas perdas do dia anterior.

Qual gestão utilizar?

bankroll

Não existe um modelo certo ou errado. A gestão do bankroll varia de acordo com o perfil de cada investidor. Se você é do tipo de pessoa que não suporta perder dinheiro e prefere investimentos mais seguros, deve fazer uma gestão mais conservadora.

Mas se você não se importa em correr mais riscos em troca de grandes recompensas, pode fazer uma gestão mais agressiva.

Confira abaixo sugestões de gestão de bankroll para poker e apostas esportivas:

Gestão conservadora para poker

  • Mínimo de 100 buy-ins para torneios (se um torneio custa 1 dólar, tenha 100 dólares em banca);
  • Mínimo de 40 buy-ins para cash games.

Gestão moderada para poker

  • Mínimo de 60 buy-ins para torneios;
  • Mínimo de 30 buy-ins para cash games.

Gestão agressiva para poker

  • Mínimo de 40 buy-ins para torneios (com grande chance de quebrar)
  • Mínimo de 20 buy-ins para cash games.

Gestão conservadora para apostas esportivas

  • Mínimo de 150 big bets (cada big bet representa o valor de uma aposta – se você fará uma aposta de 10 reais, tenha 1500 reais em banca).

Gestão moderada para apostas esportivas

  • Mínimo de 100 big bets.

Gestão agressiva para apostas esportivas

  • Mínimo de 50 big bets – com grande chance de quebrar.

Trate seu bankroll como um negócio

bankroll

Perceba que, se você optar por levar poker ou apostas esportivas a sério, não são apenas as decisões que você toma em uma aposta que influenciam no sucesso e fracasso da sua carreira.

Apostar online e gerir uma banca é como ter uma empresa. Existem vários fatores endógenos e exógenos que podem definir o rumo do negócio – especialmente quando há variância envolvida.

Portanto, entenda que para ser lucrativo no jogo, você precisa administrar bem o seu bankroll. E, para isso, é preciso fortalecer a sua mentalidade em relação às apostas e entender que há deve haver uma relação profissional/empresarial entre você e sua banca.

Não sofra com a síndrome do bankroll redondo

bankroll

No trade esportivo, somos movidos todos os dias pelos sonhos e pela vontade de um dia viver de trade, atingindo a independência financeira.

Algumas pessoas têm como sonho comprar um carro. Outras, a casa própria. Alguns preferem viajar, e alguns simplesmente querem acumular patrimônio através das apostas.

Independentemente disso, a primeira coisa que todo apostador busca no trade esportivo é aumentar a banca para poder alavancar o tamanho das apostas.

Afinal, ninguém ganha dinheiro jogando nos micro stakes para sempre.

O problema é quando um apostador é atingido pela síndrome da banca redonda.

Ocorre quando uma pessoa coloca um determinado valor na banca com o intuito de alcançar, por exemplo, mil reais.

E não há nada melhor do que subir aos poucos, sabendo que a banca está crescendo graças à dedicação, estudo e paciência.

O problema começa quando a pessoa não aceita de forma alguma que aquele valor redondo depositado inicialmente caiu.

E se você quer começar a operar nesse mercado, precisa entender que existe uma variância muito grande rondando-o.

Portanto, não espere que o seu bankroll esteja sempre “redondo”. Isso nunca vai acontecer!

Você se identifica mais com qual perfil? Conservador, moderado ou agressivo? Deixe o seu comentário abaixo!

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button